Ana criança – Maria Luiza Leão

Autor: Maria Luiza Leão

Em uma linguagem poética, o texto fala de uma menina em busca de contato com os elementos básicos da natureza e as dificuldades desse encontro.

Ana Criança, num dia triste e vazio,
Carregando no peito uma antiga lembrança
Escolhe um caminho
Sai em busca de espaço
Sai à cata de velhos amigos
Olha pro céu:
“Sol, ó sol, você que daí tudo vê e de brilhar e nunca se cansa
diga-me uma coisa: fogo que dança
pode gostar de criança?”
(…)

disponivel-producao

Para editoras ou parceiros com intenção de produzir o livro, basta preencher o formulário e aguardar o contato do profissional doTekoa.

Se preferir também pode nos contatar por outros meios:
(21) 2286-2572 ou (21) 99336-8086 (falar com Beatriz ou Carla)
tekoa@gbl.com.br